Nossa Grande Família ( III ) – Maia

Maia é o nome de família por parte do lado paterno de minha avó paterna, Sebastianna. Não é um ramo que eu tenha me aprofundado muito – mais por falta de oportunidade que por falta de interesse. Mas, ainda assim, com a ajuda de alguns parentes e de muitos causos que me foram contados, consegui amealhar um tanto de informação sobre esse ramo familiar…


Fausto de Magalhães Maia

Até onde consegui levantar, este ramo da nossa família começa com FAUSTO DE MAGALHÃES MAIA, meu trisavô – avô de minha avó. Nascido em 12/05/1871 em São João Del Rey, MG, há notícias de que teria sido filho de um português. Segundo se conta foi um homem de poderes e posses, que estudou Medicina e era excelente conhecedor do Direito e de matérias jurídicas de um modo geral, inclusive, por vezes, substituindo juízes em diversas comarcas e, em especial, na região de Aiuruoca, MG.

Teria sido, ainda, um homem culto e bastante simples, além de humanitário – isso porque muitas vezes sequer cobrava de seus pacientes os remédios que prescrevia. No Diário de Ouro Preto de 23/08/1897 (ou seja, com apenas 26 anos) consta que ele e sua primeira mulher eram professores municipais no Turvo, RJ.

Costumava também escrever artigos para alguns jornais, em especial crônicas e poesias. Algumas foram publicadas no jornal O Bananal, em 1912, e outras no jornal O Pharol, entre 1935 e 1937, sempre sob a assinatura de Fausto Maia.

Fausto casou-se duas vezes. Seu primeiro casamento se deu com JOSEPHINA AUGUSTA DE PAULA, minha trisavó, também nascida em São João Del Rey, MG, e com quem teve quatro filhos. Dizem as lendas familiares que após a separação Fausto teria enviado algumas pessoas para buscar seu filho caçula – mas que na realidade era um engodo, pois nunca mais o devolveu aos cuidados da mãe, que acabou por perder o juízo. Ou teria levado o filho justamente em decorrência da falta de sanidade da mãe. Mas sabe-se lá o quanto de verdade ou não essas histórias comportam…

Seu segundo casamento foi com MARIA VIEIRA, com quem teve ao menos seis filhos.

Fausto faleceu em 22/02/1947 e possuía uma fazenda em Rio das Pedras.

Do casamento de FAUSTO DE MAGALHÃES MAIA com JOSEPHINA AUGUSTA DE PAULA nasceram ao menos:

1. PAULINO.

2. NELSON DE PAULA MAIA, que foi casado e teve ao menos um filho.

2.1. [Filho de Nelson] que também teve ao menos uma filha.

1.1. MARIA APARECIDA MENDONÇA NAZARÉ.

3. ALCINDO DE PAULA MAIA, meu bisavô, nasceu em 12/09/1898 no Turvo, RJ, onde era lavrador. Já em 16/06/1919, em Santa Rita de Jacutinga, MG, casou-se com LAURA DE CASAES SANTOS, nascida naquela cidade em 24/09/1898, filha de ANTONIO CARLOS DA SILVA SANTOS e de OLÍVIA AUGUSTA DE CASAES (mais detalhes no Capítulo IV).


Alcindo, Laura e três dos oito filhos que tiveram.

Alcindo faleceu novo, no ano de 1939 e com apenas 41 anos – quando seu filho Sebastião tinha cerca de 15 anos. Dizem alguns membros da família que poderia ter sido sido envenenado por uma pessoa com que teria tido um desentendimento à época, pois ficou doente por um longo período antes de sucumbir. Já outros são de opinião de que teria falecido de diabetes não tratada, o que se conclui pelos sintomas apresentados e por se tratar de uma doença recorrente na família. Mais um pequeno mistério que o tempo poderá vir a esclarecer. Ou não.

Já Laura foi quem cuidou de Dona Josephina, sua sogra, após esta ter “ficado louca”.  Conta-se na família que às vezes, muitos anos depois de ter seu filho levado pelo ex-marido, Laura ainda tinha de acudi-la, pois acordava durante a noite e dizia estar trocando as fraldas de seu filho…

Laura faleceu em 08/06/1962. Ela e Alcindo tiveram os seguintes filhos:

3.1. SEBASTIANA DOS SANTOS MAIA, minha avó, mãe de meu pai, que nasceu à 01:00h na Fazenda Canta Gallo, em Santa Rita de Jacutinga, MG, em 13/04/1920 (ainda que tenha sido registrada com a data de 20/04/1920) e faleceu em São José dos Campos, SP, aos 80 anos de idade, em 10/10/2000. Foi casada com ANTONIO DE ANDRADE, filho de JOÃO AGNELLO DE ANDRADE e de IRIA RITA DE BEM (mais detalhes de sua geração no Capítulo II).

3.2. OLÍVIA MAIA, nascida em 1921 e cujo apelido era “Vinha”. Foi casada com JOSÉ MARQUES MACHADO, filho de BENEDICTO MARQUES DE OLIVEIRA e de JÚLIA VIRGÍNIA DE JESUS, bem como irmão de Carolina e de Marciana, ambas já citadas no Capítulo I, em 1.1 e 1.2.

3.3. ALCINDO, que, supõe-se, provavelmente faleceu pequeno.

3.4. PAULO MAIA, que foi casado com SABINA. Conta-se que faleceu quando estava descansando com o apoio em um dos estribos do arreio do cavalo, quando passou um caminhão, esbarrou no animal, fez com que perdesse o equilíbrio e caísse embaixo de uma das rodas do veículo.

3.5. SEBASTIÃO DOS SANTOS MAIA, nascido em 01/09/1924. Era conhecido como “Tião” e, também, como “O Gordo”. Após uma doença, provavelmente um derrame, ficou impossibilitado de se locomover e até mesmo de se comunicar. Era natural de Santa Rita de Jacutinga, MG, onde, em 31/10/1949, casou-se com MARIANA MADALENA DE SOUZA, também nascida em Santa Rita em 08/10/1924, e que após o casamento passou a assinar Mariana Madalena Maia. Ela era filha de EMERENCIANO FRANCISCO DE SOUZA e de LEOPOLDINA MARIA DE JESUS.

3.6. JOÃO MAIA, de apelido “Dédo” ou “Dedé”, foi casado com RITA DE SOUZA MAIA, nascida em 1929, filha dos já citados EMERENCIANO FRANCISCO DE SOUZA e de LEOPOLDINA MARIA DE JESUS, bem como irmã de Mariana. João faleceu no ano de 1981.

3.7. ANTONIO MAIA, casado, cujo apelido era “Baiola”.

3.8. JOSÉ DOS SANTOS MAIA, nascido em 1932 e mais conhecido como “Tio Bilu”. Foi casado com Tereza, com quem teve cinco filhos.

8.1. JOÃO PAULO MAIA, sujeito que sempre gostou muito de fotografia. Morou muitos anos em Pindamonhangaba, SP, mas depois retornou para Santa Rita de Jacutinga, MG.

8.2. JOSÉ, mais conhecido como “Zezinho” .

8.3. MARIANA.

8.4. RITA.

8.5. ALCINDO, mesmo nome de seu avô e mais conhecido como “Dino” .

4. ARQUIMEDES, o caçula e, pelo que se sabe, o garoto que foi “sequestrado” pelo pai.

FAUSTO DE MAGALHÃES MAIA casou-se pela segunda vez com MARIA VIEIRA (também conhecida como o “Mariquinha”) com quem teve:

5. HÉLCIO MAIA.

6. ZÉLIA.

7. GASTÃO.

8. JESUS NATALINO, cujo apelido era “Juju” .

9. ODILON.

10. ADEMAR VIEIRA MAIA, que em 12/09/1942 casou-se com DALVA APARECIDA NOVAES, nascida em 20/04/1921 em Santa Rita de Jacutinga, MG. Ambos já são falecidos, ela aos 69 anos, em 04/09/1990 e ele com 91 anos.

Dalva era descendente da tradicional família mineira Novaes, filha de SEBASTIÃO TEODORO DE NOVAES (*1883 +1961) e de MARIA FLORIDA DA CUNHA (*15/04/1905), neta paterna de FRANCISCO ANTONIO DE NOVAES (*1847 +14/10/1901), que em 1878 casou-se com JOAQUINA IGNÁCIA DE SOUZA OLIVEIRA (*1855 +20/07/1915) e, por essa mesma linha paterna, bisneta de AGOSTINHO FRANCISCO DE NOVAES (*1816 +1875) e de SEBASTIANA GARCIA DA SILVA.

Ademar e Dalva tiveram:

10.1. CÉSAR MAIA NOVAES, nascido em 07/03/1946 em Santa Rita de Jacutinga, MG. Casou-se com sua prima MARIA DE LOURDES NOVAES (filha de Pedro Novaes, irmã de Dalva), nascida em 23/08/1953 e professora da rede pública de ensino. Tiveram um casal de filhos.

1.1. THIAGO MAIA NOVAES, nascido em 10/10/1980.

1.2. THAÍS MAIA NOVAES, nascida em 06/01/1983.

10.2. PAULO ROBERTO NOVAES MAIA, natural de Santa Rita de Jacutinga, MG, onde nasceu em 11/01/1953. Casou-se com MIRIAM NEVES DUTRA e tiveram um filho.

2.1. EDUARDO NEVES DUTRA NOVAES MAIA, nascido em 02/04/1992.

10.3. MARIA SHIRLEI MAIA NOVAES é uma das gêmeas que nasceu em 26/10/1949 em Santa Rita de Jacutinga, MG. Casou-se com JOÃO CORREA NETO, nascido em 31/03/1931, militar reformado na cidade de Juiz de Fora, MG. Seus filhos:

3.1. BEATRIZ SHIRLEI MAIA CORREA, de 11/03/1963.

3.2. JOÃO DENILSON MAIA CORREA, de 22/02/1964.

3.3. KÁTIA MAIA CORREA, de 13/08/1966.

10.4. MARILENE MAIA NOVAES é a outra das gêmeas, também nascida em 26/10/1949 em Santa Rita de Jacutinga, MG. Casou-se com seu primo NIVALDO NOVAES (filho de José Novaes, irmão de Dalva), nascido em 26/08/1933. Ela é professora do Ensino Fundamental na cidade de Caçapava, SP e ambos têm uma filha:

4.1. ANA CAROLINA MAIA NOVAES, nascida em 10/11/1982.

10.5. MARIA DAS GRAÇAS MAIA NOVAES, é a caçula, nascida em Santa Rita de Jacutinga, MG, em 28/07/1951, que casou-se com NAIME KALIL SAAD, nascido em 04/03/1960, engenheiro civil na cidade de Caçapava, SP. Sem geração.

OBSERVAÇÃO:  o  genograma  do  ramo  Maia  de  Nossa  Grande  Família encontra-se disponível para download neste link.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *